segunda-feira, junho 26, 2006

Correr para a vida....


Salta, corre cavalinho
Nas ervinhas de papel,
Salta e corre cavalinho
Foge desse carrocel....
Foge desse carrocel
Que aí o tempo vais perder
Corre sobre as ervinhas e aprende a viver....
São anjinhos que lá vêem
Vêem para nos guardar
São loirinhos e gorduchos
Não nos vão deixar chorar!!!
Salta e corre cavalinho
Que livre tu podes ser
Salta e corre cavalinho
Deixa a vida renascer...
Anjinhos que vêem do céu
Meus meninos vêem proteger
Ensiná-los a ver o Mundo
E ajudá-los a crescer....
Que os anjinhos da paz, toda a vida vos acompanhe.... E que vos protega de tudo quanto é mau... Que prevaleça sempre a alegria e a felicidade para que nas vossas faces, nunca uma lágrima deslize...
Poema dedicado a todas as crianças e em especial ás "minhas crianças"...
Aquelas que ja povoaram, e ás que continuam a povoar os meus dias...
(Nelson, Nádia, Gonçalo, João Victor, Joana, João Pedro, Leonardo, Rodrigo, Ana Miquelina, Leandro, Daniel, Inês, Eduardo, Lucas, Tiago, Ricardo, Tatiana, Lara, Luna, Raquel, Rafaela e Martim...)
Ana Cardoso

2 comentários:

socia disse...

Quem são esses anjinhos todos??
Criancinhas sortudas, essas tuas.

Belinha

mesanto disse...

coitadinhas das criancinhas ca a têm ca aturar..diz antes assim Belinha..tou a brincar..

Um pouco de mim ....