terça-feira, junho 15, 2010

Palavras desfeitas ...



Porque nunca jamais um caminho foi percorrido, sem se olhar para trás, sem nos perguntar-mos o porquê de estarmos ali ... num sitío que não é o nosso, que não reconhecemos, que não queremos ... lá fora carregam no colo, as palavras desfeitas, que dissemos por desilusão, por desgosto, por querer ... palavras partidas em pedaços, que mesmo que as juntássemos, jamais dariam o puzzle da vida que passou ... hoje, oiço ao longe o barulho de um alguém, que sofre sozinho, sem rua ou caminho, por onde possa passar ... sabes que as palavras cortam, embrulham, enganam em papelinhos de seda e fitinhas côr-de-rosa, sabes não sabes??
Então vai, leva contigo os pedaços de mim, as palavras aos bocados, desfeitas e partidas, por uma mão que jurou nunca magoar ... vai, leva-as contigo, carrega-as no colo e deita-as no mar... só assim saberei que essas, não voltam mais, pois de desfeitas não passam e jamais me voltarão a magoar.

Ana Cardoso

6 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida
Como essas palavras me tocaram.

Beijinhos
Sonhadora

João Norte disse...

Texto muito bonito. Texto único ou parte de um livro?

Masturbatrix disse...

Déjà vu!

*

Pedro Bom disse...

E quando voltas a escrever?
bj

In-Versa disse...

Linda te indiquei para o "Meme Literário" no meu blog... Adoro o q escreve. Copie ele lá!
Bjs

sexshop disse...

muy bueno

Um pouco de mim ....