segunda-feira, março 03, 2008

Sentir-te sentindo-me ...




Meras palavras de olhares inquietos,
Que surgem descompassadas ao ritmo do coração
E é quando seguras a minha mão,
Que ele se solta feito cavalo selvagem
Sem rumo ou viagem
Á procura do teu...
E as mãos inquietas, sedentas de ti
Procuram sentir-te, sentindo-me a mim...
Bebes-me com sofreguidão,
Em leito de desejo
E guarda na minha boca
O nosso primeiro beijo!

Ana Cardoso

6 comentários:

Bichinho disse...

" ...Bebes.me com sofreguidão..."
Belo ! Lindo !
Beijo fantasma.

O Sussurrar do Corpo disse...

Sussurro um beijo.

Shelyak disse...

Acompanhando-te...
:)

Sara disse...

Passei para te "ver" e para te ler e te deixar um beijo...

(aomeuencontro.blogs.sapo.pt)

littledragonblue disse...

Palavras sensuais... que nos fazem sonhar e desejar desejos escondinhos e intimos.
Um beijinho para ti:
littledragonblue

Nilson Barcelli disse...

Belo poema.

Há que tempos não a vejo cara amiga.

Boa Páscoa, beijinhos.

Um pouco de mim ....