terça-feira, setembro 04, 2007

Estranha forma de te amar ...


O que a tua boca me pede ...
Eu não te sei dar ...
O que o teu grito me diz ...
Eu não sei ouvir ...
Nem sequer a imagem do teu sonhar,
Sei sentir...
Que me chamas, me tentas ...
Me enganas ...
Não quero ..
Apagando nos meus lábios,
Os beijos que o teu querer me deu ...
E as mãos, trémulas de desejo ...
A boca que reclama por mais ...
Neste corpo que te deseja, e não admite ...
Porque quando estás, te mando embora ...
Porque quando não estás, tudo é cinzento ...
Não!
A verdade ...
Eu digo-te a verdade ...
Porque me sinto mulher quando me olhas ...
E porque me sinto nada, quando não estás!

Ana Cardoso

9 comentários:

littledragonblue disse...

Todas as maneiras de amar são formas de amar, e todas as formas de amar são estranhas.
Cada casal é único, único nos seus objectivos, intimidades, jogos, prazeres...
Um beijinho e votos de uma boa semana

Mil Sorrisos disse...

Já dizia o Miguel Esteves Cardoso: "O amor é fo..do" Ah pois é!! Tem tanto de contraditório como de maravilhoso.
Mil Sorrisos
:o))))))))))))))

By Alma Nova disse...

Ama com tudo o que sabes e podes. Ama, na tua forma própria de amar...Mas Ama! Jokitas.

Entre linhas... disse...

Ama com toda a tua for�a,deixa-te levar por esse sentimento maravilhoso.
Bjs Zita

Shelyak disse...

Difícil o Amor...coincidência pois hoje pensei e escrevi sobre isso...
Beijinho :)

Anónimo disse...

É a tal história do contentamento descontente? Pois... mas é a sentir que melhor se caminha por esta vida fora, tu sabes...
E também sabes que te adoro, boua!
Beijos e ânimo... deixa jorrar a inspiração!
:))

Kolmi disse...

Poucos são os que falam da Verdade a ainda menos o que conhecem a Verdade minha amiga...
Ignorar a verdade ou fugir dela são dois trabalhos, um ignorar e/ou fugir, outro ter de a aceitar, porque ela chega, pode-se atrasar mas que chega, disso tenho a certeza...

Sniqper

margusta disse...

Olá Princesa Fabiana...Ana ? :)))

Vim ler-tee, gostei imenso deste teu poema..des-te querer e não querer..uma recusa feita de desejos...Lindo mesmo!

Beijinhos Ana, obrigada pela visita, volta sempre :)))

Simplesmente...Joana disse...

Como sempre.... Lindo :)

Beijooo

Até já!**

Um pouco de mim ....