sábado, julho 07, 2007

Ilumina-me ...


Gosto de ti como quem gosta do sábado
Gosto de ti como quem abraça o fogo
Gosto de ti como quem vence o espaço
Como quem abre o regaço
Como quem salta o vazio
Um barco aporta no rio
Um homem morre no esforço
Sete colinas no dorso
E uma cidade p'ra mim
*
Gosto de ti como quem mata o degredo
Gosto de ti como quem finta o futuro
Gosto de ti como quem diz não ter medo
Como quem mente em segredo
Como quem baila na estrada
Vestido feito de nada
As mãos fartas do corpo
Um beijo louco no Porto
E uma cidade p'ra ti
*
Enquanto nao há amanhã
Ilumina-me
Ilumina-me
Enquanto não há amanhã
Ilumina-me
Ilumina-me
*
Gosto de ti como uma estrela no dia
Gosto de ti quando uma nuvem começa
Gosto de ti quando o teu corpo pedia
Quando nas mãos me ardia
Como o silêncio na guerra
Beijos de luz e de terra
E num passado imperfeito
Um fogo farto no peito
E o mundo longe de nós
*
Enquanto não há amanhã
Ilumina-me
Ilumina-me
Enquanto não há amanhã
Ilumina-me
Ilumina-me
Pedro Abrunhosa

6 comentários:

Shelyak disse...

Aiiiiiiiiiiii... que giro!!! já deves ter visto que tenho essa musiquinho no meu cantinho, playlist do Abrunhosa, Luz.
Linda !!!
Beijinho

Nini disse...

Em mais uma agradável visita ao teu cantinho deparo que essa linda letra....ADOREI...não fosse eu fã do Pedro Abrunhosa !
Continua assim, é sempre um prazer voar por aqui !

mysticdream disse...

Pedro Abrunhosa mais palavras para quê? Bonito o teu cantinho*)

Monólogos.by.Paula disse...

Sabes uma coisa doce princesa, encontro em cada letra do Pedro Abrunhosa um pedacinho de mim.

Passo horas a ouvi-lo e a procurar as mensagens que transmite. São puros momentos de arrepiar.

Jinho com saudades

Anónimo disse...

Mudaaaaaaasti!!
Mudaste o tipo de letra!"
Está lindo na mesma, diferente...
Beijo, boua, mas só pra ti que do abregunhosa, como diz a nossa Mikas, num gosto assim munto!
Hehehehe

Anónimo disse...

esta muito lindo o que escreveste .
é lindo como declaraçao de amor .
jimhos .. sonia calado

Um pouco de mim ....