quinta-feira, outubro 08, 2009

E se todas as tuas noites fossem minhas ???



Na cama vazia e fria,
está ocupado o lugar que é meu...
Nos sonhos preenchidos por sentidos,
Vazios, escuros e tristonhos,
É o meu nome que chamas,
por entre desejos e lamúrias,
que insistem em não desaparecer...
E se todas as tuas noites fossem minhas??
E se todos os teus sonhos fossem para mim??
Se todos os teus dias fossem como anos...
Perdidos no tempo...
Trazendo até mim, vontades incontroláveis de amor...
Se todas as tuas noites fossem minhas...
Cada segundo seria para te fazer sorrir,
Para te fazer sentir que eu existo,
Para te provar que sou capaz de te fazer rir, quando nunca tiveste motivo nem vontade para tal...
Se todas as tuas noites fossem minhas,
Ficaríamos a ver a chuva bater nos vidros,
E depois, num momento de loucura, sairíamos a correr,
De mão dada, sentindo a chuva a bater-nos na cara,
Sentindo o frio dos pingos a bater-nos nos lábios...
Se todas as tuas noites fossem minhas...
Se...


Ana Cardoso

5 comentários:

1manview disse...

Um poema muito profundo .. Lindo
Abraços .....

Palma da Mão disse...

Cada palavra escrita e pensada com ternura,maravilha mesmo!
Adoro quando consigo fazer a pintura em retrato das vossas palavras na minha mente, levam-me para longe, onde o medo não tem lugar cativo na página principal...
Aqui estou, minha amiga, e fiquei deliciada mesmo, obrigada pelo teu carinho:)
beijinhos

Sonhadora disse...

Um poema lindo..SE é a trama da nossa vida.
Beijos
Sonhadora

Vento disse...

...e em todas as coisas existe muito de ti.

Tens tanto para dar
sentir e sobretudo, viver...



Beijo

fabiano Silmes disse...

Este poema tem o lirismo e a beleza de uma flor solitária balançando ao sabor do vento.

Abraços,Evoé!

Um pouco de mim ....